Notícias

CASO DE SUCESSO - Keppe Motors Technology

Ventiladores inovadores e econômicos com motor trivolt  chegam ao mercado

Ventiladores inovadores e econômicos com motor trivolt chegam ao mercado

Por Vanessa Brito

Quem gosta de inovações tecnológicas, especialmente se forem daquelas que reduzem impactos ambientais e custos, vai gostar muito desta novidade. Após dez anos de desenvolvimento, chegou ao mercado brasileiro o primeiro eletrodoméstico que funciona com a revolucionária tecnologia do chamado motor Keppe.

Os ventiladores Universe Eco, nas versões de parede e pedestal 60 cm, já estão sendo comercializados pela empresa Keppe Motors Technology (www.keppemotor.com), custando R$ 450 e R$ 490, respectivamente. Eles também são uma solução perfeita para residências e edifícios comerciais alimentados por sistemas fotovoltaicos. São considerados os primeiros equipamentos trivolt do mercado – 110V, 220V e painel solar (neste caso é necessário instalar o adaptador Helium, fabricado pela Keppe Motors Technology).

Estes ventiladores revolucionários consomem menos energia, em até 90%, comparado com os ventiladores convencionais. A tecnologia Keppe é baseada na teoria da Nova Física da Metafísica Desinvertida, concebida por Norberto da Rocha Keppe, brasileiro de origem germânica, que é psicanalista,  filósofo,  cientista social, pedagogo, físico independente e escritor.

O desenvolvimento do equipamento foi realizado pelos engenheiros e cientistas brasileiros César Soós, Roberto Frascari e Alexandre Frascari, sob a orientação de Dr. Keppe. Eles constituíram a empresa Keppe Motors Technology, responsável pelo desenvolvimento do ventilador e de outros eletrodomésticos com a mesma tecnologia, que chegará ao mercado.  A fabricação dos equipamentos é feita uma empresa parceira.

Os ventiladores Universe Eco são especialmente indicados para os setores hoteleiro, bares e restaurantes, educacional, templos, igrejas e residências e projetos fotovoltaicos, que exigem elevada eficiência energética.

Dr.Keppe junto aos engenheiros cientistas que desenvolveram os ventiladores com uso de motor baseado em sua teoria, e Dra Claudia, sua assistente e sócia da Associação Keppe & Pacheco

 

Corrente ressonante

O motor Keppe é revolucionário pois funciona a partir do princípio da ressonância magnetoeletromecânica e, diferentemente das correntes convencionais alternada e contínua, utiliza a corrente ressonante (CR).

Como consequência de sua alta eficiência energética, este motor além de econômico, aquece menos que os demais, subindo apenas 5 graus acima da temperatura ambiente. Por este motivo, o motor da tecnologia Keppe é chamado de ‘motor frio’, e o ventilador Universe Eco se torna mais durável, garantindo uma brisa refrescante -  diferente dos demais, que podem chegar em 100°C.

Testes realizados em laboratórios nos Estados Unidos, China e Alemanha comprovaram a eficiência do motor Keppe, garantindo diversas vantagens deste ventilador. Em 2015, foi vencedor do Prêmio Gold Award como motor de mais alta eficiência energética e o Grand Prize como o Prêmio Máximo de Inovação Tecnológica na maior feira de eletro-eletrônica do mundo, a HKTDC Hong Kong Electronics Fair de  Hong Kong.

Outra premiação foi o Leap Award 2015-2016 em São Francisco, Califórnia (EUA). Ele também venceu o Prêmio da Revista Potência de Inovação Tecnológica 2017.

Teoria revolucionária

“Existem dois tipos de motores convencionais no mercado: os de corrente alternada e os de corrente contínua, ambos com inúmeras subclassificações. O motor Keppe abre uma terceira categoria: a da corrente ressonante (resonant current, em inglês)”, explica o engenheiro Cesar Soós.

A teoria keppeana, de cunho profundamente heterodoxo, tem sido confrontada pelos meios científicos e acadêmicos internacionais, os quais representam o poder instituído e a resistência histórica às grandes transformações, diz Soós.

“Keppe desinverteu a física: a energia não vem da matéria como postula a física materialista. É o contrário: a matéria é que vem da energia existente no espaço”, justifica.

Para o engenheiro, a teoria keppeana é capaz de revolucionar desde tratamentos na área da saúde até o uso da eletricidade e, consequentemente, a vida no planeta. “Trata-se de uma mudança de paradigma das mais significativas para a humanidade, atingindo os campos da medicina, filosofia e física, e até mesmo da espiritualidade”, ressalta.

 

Tesla

Este fato também foi constatado por Nikola Tesla, engenheiro elétrico e físico de origem sérvia, no início do século XX. O cientista brasileiro, Norberto da Rocha Keppe, questionou e somou conhecimento aos trabalhos de Tesla e de outros pensadores e cientistas reconhecidos mundialmente de diferentes épocas.

De acordo com Keppe, todo estado da matéria advém de uma energia não sensível existente no espaço, à qual ele chama de energia essencial - e Tesla a denominava energia escalar. A própria estrutura do espaço/tempo é secundária em relação à energia “essencial”. Esta descoberta significa que a humanidade pode acessar e usufruir a energia escalar para suas atividades de modo muito mais econômico, sustentável e revolucionário.

“Não existe uma dualidade ou equivalência entre eletricidade e magnetismo, como vê a teoria eletromagnética clássica, mas uma hierarquia na qual o magnetismo é preponderante e fornece a eletricidade como subproduto”, afirma Soós. Em sua obra mais recente, intitulada Magnetônica, Keppe explica que a eletricidade nada mais é do que o magnetismo do ambiente aprisionado nos fios. “Isto muda tudo”, enfatiza o engenheiro e um dos desenvolvedores do ventilador Universe Eco.

No que se refere aos motores, por exemplo, a matéria que constitui os ímãs permanentes na visão keppeana, não produzem magnetismo mas captam-no do ambiente e o retransmitem na forma de magnetismo sensível, exemplifica.

A contribuição de Keppe para o conhecimento científico é capaz de gerar uma verdadeira revolução, não apenas nos motores e equipamentos industriais, mas na saúde, na vida das pessoas e na preservação da natureza, prevê Soós.

Comercialização

Os primeiros ventiladores Universe Eco com a tecnologia Keppe Motor saíram da fábrica e chegaram ao mercado, nos últimos meses. Até o momento, 70 equipamentos foram vendidos para pessoas que conhecem a teoria keppeana ou são alunos da FATRI (Faculdade Trilógica), nos campus localizados em São Paulo (SP) e no sul de Minas Gerais, em Cambuquira (MG), onde são ministrados cursos sobre suas teses e postulados.

O primeiro lote de 600 unidades do ventilador foi fabricado no Brasil e o preço de lançamento é de R$ 450, para o de parede, e R$490 para o de pedestal (60 cm). Em apenas um ano, a economia de energia pagará a diferença de preço de um ventilador mais barato do mercado; com dois anos de uso, o equipamento se pagará completamente, devido ao baixíssimo consumo de energia para funcionar e, consequentemente, à queda da conta de energia.

A parceria para fabricação do equipamento no país foi homologada entre a Keppe Motors Technology e uma indústria no interior paulista e já conta com a programação de produção e vendas dos lotes seguintes. Interessados em adquirir o ventilador deverão entrar em contato com a empresa pelo portal www.keppemotor.com

Patente

O Instituto Keppe & Pacheco de Ciência e Tecnologia registrou a patente internacional do motor Keppe e já foi concedida no México, Estados Unidos, China, Rússia e Hong Kong. No Brasil, o pedido de patente ocorreu, em 2008, e ainda aguarda os trâmites burocráticos.  O ventilador Universe Eco é certificado pelo INMETRO, nível A em eficiência energética - o mais econômico da categoria constituída por mais de 500 modelos de ventiladores de motores de diversas indústrias, nacionais e estrangeiras.

Institucional

O Instituto Keppe & Pacheco de Ciência e Tecnologia foi fundado em 1970, depois da Sociedade de Psicanálise Integral, entidade também criada pelo psicanalista e cientista, com sede na capital paulista.

Em 1980, o conhecimento acumulado e aprofundado por Norberto Rocha Keppe, em parceria com a psicanalista Claudia Pacheco (sua assistente), em Psicanálise, Psicossomática e Psico-sócio-patologia, passou a ser chamado de Trilogia Analítica. Esta denominação reconhece o surgimento de um novo campo científico interdisciplinar, ensinado nos dois campus da Faculdade Trilógica (FATRI), localizados em São Paulo (SP) e no município de Cambuquira (MG).

Os cursos ministrados na FATRI são: pós-graduação em Gestão de Conflitos; graduação em Gestão Ambiental; pós-graduação Terapia em Sala de Aula; e pós-graduação em inglês. A Associação Keppe & Pacheco, sem fins lucrativos, é a instituição mantenedora de todas as entidades criadas por Dr. Keppe.

Trajetória

Norberto Rocha Keppe trabalhou como professor convidado na Pontifícia Universidade Católica (PUC/SP), e na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), entre outras instituições e faculdades.

Escreveu cerca de 40 livros, alguns deles traduzidos para mais de oito idiomas, além do português, sobre temas de distintas áreas do conhecimento. Durante 13 anos, trabalhou nos Estados Unidos e Europa, desenvolvendo parte de sua obra em Sociopatologia, Metafísica e a Nova Física (1996). Transcendeu alguns postulados de Newton e Einstein e seu livro, inicialmente, não foi bem aceito nos meios científicos e acadêmicos.

Conferencista internacional foi considerado pelo CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Científica) da França como “sem dúvida o mais original autor heterodoxo entre os contemporâneos.”

Pode-se dizer que ele ‘desinverteu’ o conhecimento de física atribuído a Aristóteles e, ainda, conceitos propostos hoje pela Física Quântica. Também questionou a equação mais conhecida de Einstein: E=mc² (Energia é igual a massa multilicada pela velocidade da luz ao quadrado) no que se refere à energia derivar da massa em movimento externo e não da vibração interna da energia do vácuo em escalas de ressonância.

No campo da saúde, ele e a psicanalista Cláudia Pacheco criaram a Trilogia Analítica como resultado do desenvolvimento das teorias da psicologia profunda de Freud, Jung, Melanie Klein, Wilfred Bion, somadas aos postulados de grandes filósofos e teólogos como Sócrates, Platão, Santo Agostinho, às descobertas científicas de Michael Faraday e Nikola Tesla e à própria revelação de Cristo.

Keppe denominou o novo método de Trilogia pois abrange três dimensões: 1) humana, caracterizada pelo sentimento (amor), pensamento (razão) e ação (consciência),  social (Teologia, Filosofia e Ciência); 2) Divina composta por Deus ou a Trindade Divina – Pai ( Bondade), Filho (Verdade) e Espírito Santo (Beleza); e 3) Analítica, pois é uma ciência experimental que realiza trabalho científico analítico. A Trilogia Analítica integra ciência, filosofia e espiritualidade, criando um novo campo chamado psico-socio-patologia.

Keppe é também fundador e presidente da Sociedade de Psicanálise Integral ou Trilogia Analítica (1970), onde realiza atendimento clínico (tratamento de doenças psíquicas, sociais e orgânicas) e treina psicanalistas.  

Alguns livros de sua autoria: A Decadência do Povo Americano e dos Estados Unidos (1985); Trabalho e Capital (1990);  A Nova Física da Metafísica Desinvertida (1996); O Homem Universal (1999); a Origem das Enfermidades (2000); A Origem da Sanidade (2001); Sociopatologia (2002); Psicanálise Integral (2004); Bíblia Trilógica (2016); entre outros.

Ele grava programas semanais para a Rádio Mundial na capital paulista, que são distribuídos para 38 emissoras do país. Os temas abordados vão desde educação ambiental, saúde, economia, entre outros. Para ele, a destruição do mundo começa em cada ser humano.

Mais informações: www.keppepacheco.com

Centro Sebrae de Sustentabilidade: (65) 3648.1215

  • Sexta-feira, 29 de Junho de 2018
  • trivolt

Mais Lidas

  • Laboratório óptico de lentes HD reusa água e descarta resíduos corretamente

    Laboratório óptico de lentes HD reusa água e descarta resíduos corretamente

    Empresa de MT foi pioneira na produção de lentes Free Form (HD) no país, com equipamentos alemães e software 100% brasileiro; laboratório reaproveita 100% da água e resíduos de resina não vão para rede de esgoto

    ler mais
  • Sustentabilidade é tema de campanha de rádio em Cuiabá

    Sustentabilidade é tema de campanha de rádio em Cuiabá

    Farmácia Biológica foi a primeira a aderir à campanha da Cultura FM (90.7 no dial) que fala sobre meio ambiente, mudança de hábitos e boas práticas sustentáveis; programetes diários de um minuto atingem 25 mil pessoas/dia na região metropolitana de Cuiabá

    ler mais
  • Espaços gratuitos do Fórum Mundial da Água recebem público em Brasília

    Espaços gratuitos do Fórum Mundial da Água recebem público em Brasília

    Nas grandes tendas montadas no estacionamento do Estádio Mané Garrincha, a Vila Cidadã e a Feira oferecem programação gratuita, diversificada e educativa sobre água aos moradores do DF e participantes do evento.

    ler mais
  • Energias renováveis vão ajudar o desenvolvimento do país

    Energias renováveis vão ajudar o desenvolvimento do país

    Na palestra TED, na quinta-feira (22), coordenadora nacional do Sebrae em energias renováveis deu informações sobre estudo inédito sobre cadeia de energia solar fotovoltaica, a ser lançado no próximo mês

    ler mais