Casos de Sucesso

Água Pura - Projetos de Reúso

Água Pura - Projetos de Reúso

Água é essencial para o funcionamento do corpo humano e, também, para indústrias e empresas. Ela é a principal matéria-prima de alguns segmentos. Imagine o que representa esse recurso natural não renovável para lava jatos, lavanderias, laticínios e frigoríficos?

Há 14 anos, a empresa capixaba Água Pura iniciou suas atividades desenvolvendo projetos de tratamento de águas e efluentes. A partir de 2006, o empreendimento passou a oferecer projetos para instalação de sistemas de reuso de água.

“A água saia tão limpa do tratamento, que resolvemos desenvolver sistemas de reuso”, conta Manoel Gomes de Souza, diretor da Água Pura. Com a entrada em vigor da Lei Estadual 9.439, em 2010, que tornou obrigatório o reuso de águas em alguns setores no Espírito Santo, os negócios da empresa deslancharam. A taxa de crescimento do faturamento da Água Pura saltou para 20% ao ano.

No momento, existem 325 estações de reuso de água projetadas e implantadas pela Água Pura no RJ. SP, MG, BA e RS. A clientela é composta por: lava jatos, lavanderias industriais, tinturarias, lavanderias de EPI (equipamentos de produção individual), frigoríficos, laticínios, entre outros.

Especialista em tratamento de águas e efluentes industriais com foco no reuso, Manoel é também diretor técnico da Associação das Empresas e Instituições do Mercado Ambiental do Estado do Espírito Santo (Aeima). Dois engenheiros químicos, um engenheiro ambiental e um arquiteto prestam serviços para a Água Pura.

Vantagens

“O reuso é vantajoso para empresas que dependem de água, pois gera economia de recursos financeiros, além de ser um ato de respeito à natureza. Nossos serviços garantem água tratada nos parâmetros exigidos pelos órgãos ambientais, com possibilidade de reuso em até 90%”, explica Manoel.

Processos físicos e químicos permitem a reutilização da água, explica o empresário. “A Água Pura desenvolve o projeto de reuso, acompanha a obra de implantação, coloca para funcionar, treina o cliente e certifica os operadores do sistema”, acrescenta.

Manoel questiona a concorrência que costuma vender sistemas semelhantes por telefone, sem conhecer a realidade do cliente. “Nossa clientela quer o reuso para operar mesmo. Há empresas que instalam o sistema de reuso e não operam ou só operam, quando os órgãos ambientais fiscalizam”, denuncia.

Custo

O custo de implantação de um sistema de reuso de água depende do volume utilizado pelo cliente. Para uma empresa que consome 20 mil litros/dia de água, o sistema de reuso da Água Pura custa cerca de R$ 25 mil. O retorno do investimento é rápido, pois geralmente as despesas com água são altas e o empreendimento depende da concessionária local, poços artesianos e até de carros-pipa. O reuso de água tem sido solução para empresas que utilizam recursos hídricos provenientes de poços artesianos, especialmente quando a produção e a qualidade da água caem.

Manoel revela vários casos de clientes satisfeitos com a implantação de reuso. Entre eles, cita um lava jato no município de Luz (MG), que gastava 100 mil litros/dia. A água era de poço artesiano, mas que havia diminuído a produção. Depois da implantação do sistema de reuso, o consumo de água do lava jato caiu para 10% ou 10 mil litros/dia.

Outro cliente, uma lavanderia de Belo Horizonte (MG), comprava água até de carro-pipa para atender sua necessidade. O custo era de R$ 18 mil/mês e o consumo de 90 mil litros/dia. Depois do reuso implantado, a conta foi para R$ 2,5 mil/mês. O projeto custou R$ 75 mil e, em cinco meses, o investimento foi pago.

Legislação e fiscalização

No Espírito Santo está em vigor a Lei Estadual 9.439, desde maio/2010, que torna obrigatório o reuso de água em diversos tipos de negócios. Essa legislação abriu um novo nicho de mercado para a Água Pura. A meta da  empresa é se tornar líder do segmento no país.

A falta de fiscalização dos órgãos ambientais é apontada por Manoel como empecilho de crescimento do segmento. “É preciso colocar hidrômetro nas saídas de água das empresas. A maioria delas usa água de poços artesianos próprios, portanto não paga nada à concessionária local. Elas, porém, descartam água suja nas redes de esgoto, cujo serviço é pago por todos os cidadãos. Não é justo e elas causam problemas ambientais”, justifica Manoel. (www.aguapuraonline.com.br).

  • Segunda-feira, 17 de Setembro de 2018
  • Negócios de Sucesso

Conteúdos relacionados

Gestão Ambiental

Todas as atividades humanas impactam no meio ambiente. Por isso, a gestão ambiental é muito importante para que as empresas minimizem impactos no meio ambiente, desenvolvam atividades lucrativas, com alto valor social, utilizando de man...

Ler Mais

Uso eficiente de água

Embora a água seja um recurso extremamente importante, é também o que enfrenta maior escassez, causando impacto direto na vida e na competitividade das empresas. Você pode adotar alguns hábitos e comportamentos que p...

Ler Mais
Uso eficiente de água

Uso eficiente de água

Um passo a passo para utilizar a água de maneira mais eficiente na sua empresa

Ler Mais

Ultimos Casos de Sucesso

  • 4Y2

    4Y2

    Negócio social ensina inglês a baixo custo para classes C, D e E com metodologia inovadora

    ler mais
  • Café sustentável Kaynã

    Café sustentável Kaynã

    Fazenda Retiro de Santo Antônio apoia a comunidade, destina corretamente seus resíduos, recupera nascentes, refloresta com árvores nativas, recebe visitantes, produz café sustentável certificado e fubá não-transgênico moído em moinho de pedra antigo

    ler mais
  • Cabocla Criações

    Cabocla Criações

    Microempreendedora (MEI) da Cidade de Goiás promove projeto Cabocla Bordando Cidadania para reeducandos da cadeia local; iniciativa recebeu troféus e prêmios estaduais e nacionais.

    ler mais