Notícias

Alimentos saudáveis

Padaria entrega pães lowcarb e alimentos saudáveis para reforçar imunidade

Padaria entrega pães lowcarb e alimentos saudáveis para reforçar imunidade

Por Vanessa Brito

Há pouco mais de um ano, a advogada Viviane Almeida abriu a Padaria Doce Saúde Fit no bairro Jardim das Américas em Cuiabá. O empreendimento nasceu da experiência de cuidar do marido diagnosticado com câncer no intestino, cinco anos atrás. Ao longo do tratamento, ela se dedicou a pesquisar e desenvolver receitas saudáveis, entre refeições, pães, salgados e lanches sem glúten e lowcarb. Somou 500 receitas e, após a cura do esposo, foi para o Instagram divulgá-las. Conquistou meio milhão de seguidores e lançou o livro Doce Saúde Fit. Tomou gosto pela atividade e resolvei deixar a carreira de advogada trabalhista para empreender na padaria. Viviane falou à Agência Sebrae MT de Notícias sobre suas estratégias para lidar com o impacto da pandemia no negócio:

 “Quando montei a padaria Doce Saúde Fit, pensei no público que tem doenças crônicas como câncer, diabetes e cardíacos, e aqueles que querem emagrecer e melhorar a alimentação. Minhas receitas são para pessoas que precisam de alimentos saudáveis e de reduzir a ingestão de carboidratos. No início, houve resistências por causa do estigma de que alimento saudável não é gostoso. A clientela foi aumentando aos poucos. Produzimos também comida congelada e ensinamos as pessoas como prepará-las. Voltei para a sala de aula e me formo no próximo ano em nutrição. Quero realmente ajudar as pessoas a mudarem os hábitos alimentares.

Com a crise do coronavírus o movimento da padaria aumentou. Os clientes chegavam querendo alimentos para enfrentar a contaminação e reforçar a imunidade. Há 15 dias, fechamos a loja para cumprir a legislação. Avisamos os clientes que faríamos entregas às 11h e às 16h com carro próprio e funcionários usando máscaras, luvas e álcool em gel. Foi super bom. Estava faturando igual como se estivesse de portas abertas.

Na semana passada, no entanto, as vendas diminuíram 50% em relação à semana anterior. Resolvi criar outra estratégia: produzir pão proteico de batata doce para o pessoal que quer perder peso e estou dando 15% de desconto. Se dois ou mais vizinhos encomendarem juntos, não pagarão taxa de entrega. Quero atingir os públicos fit, blogueiras, etc

Tive de dispensar uma funcionária da padaria, mas ela está trabalhando em casa, pois não quero deixá-la sem trabalho. É venezuelana e sei que tem mais dificuldade de recolocação., Serão três meses de dificuldades, então vou fazer parcerias no bairro com outras padarias que não vendem pães sem glúten, com médicos, nutricionistas, nutrólogos e arquitetos. A gente tem que ajudar uns aos outros. Plantar para colher em 2021. 

Estou investindo na divulgação digital (Instagram), vou fazer promoções, sorteios do meu livro entre clientes. Está na hora de ligar para todos e oferecer ajuda. Também está na hora de mudar os hábitos de alimentação, pois este vírus comprova que para enfrentar doenças é preciso ter imunidade alta e só se consegue isso com alimentação saudável”.

  • Quarta-feira, 8 de Abril de 2020